segunda-feira, 3 de junho de 2013

Coqueiro-anão é fonte de renda e o mais plantado

Coqueiro-anão é o mais plantado
DA REPORTAGEM LOCAL

O coqueiro-anão é a espécie mais cultivada em São Paulo, assim como nos demais Estados do Centro-Sul.
Isso ocorre porque seus frutos contém mais água do que outras espécies, como o coqueiro-gigante. O principal destino da produção é a venda do fruto verde para o consumo da água-de-coco.
Segundo José Antonio Alberto da Silva, da Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro, o coco se tornou uma opção para vários pequenos produtores de citros, de café e de cana da região.
"É uma maneira de diversificar a produção. O agricultor não fica dependendo apenas do desempenho de uma cultura para garantir sua renda", afirma.
Esse é o caso de Nelson Barreto, agricultor em Ocauçu, na região de Marília, no interior paulista.
Há cerca de nove anos, ele plantou os primeiros coqueiros em sua propriedade, intercalando-os em seu cafezal, que tem 17 ha.
Hoje, tem 3.300 árvores, das quais 1.200 estão em fase de produção. Ele consegue extrair cem cocos de cada uma por ano.
Hoje, o coco é a principal fonte de renda para o cafeicultor Barreto, que, além de vender a fruta, ainda comercializa mudas da planta.
Um de seus clientes, o pecuarista Ricardo Maggi, de Campos Novos Paulista (SP), também decidiu investir na cultura.
Ele comprou recentemente 18 mil mudas de Barreto, que devem iniciar sua produção em três anos. Maggi pretende usar 120 ha de sua propriedade.
Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/fsp/agrofolh/fa2811200011.htm

Um comentário: