sexta-feira, 12 de abril de 2013

Como Plantar o Coqueiro Anão Tabuleiros Costeiros

Como escolher a área

O coqueiro requer clima quente, com temperatura 
o o média em torno de 27 C. Temperaturas inferiores a 15 C 
prejudicam o seu desenvolvimento e causam a queda dos 
frutos pequenos. Solos profundos de textura leve, com boa 
disponibilidade de água, profundidade mínima de 1m, são os 
mais adequados, não sendo indicados os solos 
excessivamente argilosos e/ou os sujeitos a encharcamento.

Como marcar as covas
O coqueiro anão deve ser plantado em triângulo, no 
espaçamento de 7,5m x 7,5m x 7,5m (205 plantas/ha).
A partir de uma linha básica, orientada no sentido 
Norte-Sul, as covas são marcadas a cada 7,5m, originando a 
primeira linha. Depois, com o auxílio de uma corrente, com 
15m de extensão, tendo em cada extremidade e no meio uma 
argola, marca-se a segunda linha. A partir da segunda linha 
marca-se a terceira e, assim, sucessivamente, até completar 
a marcação de toda a área (Figura 1). Em grandes áreas podese optar pela marcação com o uso do teodolito.
O plantio deve ser feito com mudas de boa qualidade, 
adquiridas de produtores idôneos. Preferencialmente, o 
plantio deve ser efetuado no início do período chuvoso, sendo 
as covas preparadas com 30 dias de antecedência. Para isto, 
abrir covas de 60cm x 60cm x 60cm a 80cm x 80cm x 80cm, 
dependendo do tipo do solo (leve ou pesado), tendo o cuidado 
de separar a terra da camada superficial (primeiros 20cm). 
Depois de aberta, preparar a cova fazendo o seu enchimento 
com a seguinte mistura: terra de superfície, adubo orgânico 
(uma lata de 20 litros de esterco bovino ou quantidade 
equivalente de outra fonte orgânica) e 800g de superfosfato 
simples. O plantio da muda só deve ser feito após a 
fermentação do adubo orgânico. Para o plantio, retirar um 
pouco de terra do centro da cova e colocar a muda, fixando-a 
ao solo, e tendo o cuidado de evitar o enterrio total da 
semente (Figura 2). Após um mês do plantio, fazer a 
adubação de cobertura na cova, usando 300g de uréia e 200g 
de cloreto de potássio, espalhados e incorporados ao solo, em 
torno da muda.
Para evitar a concorrência das plantas daninhas por 
água e nutrientes, é indispensável fazer o coroamento, ou 
seja, a limpeza de uma área ao redor da planta. O tamanho da 
coroa varia de acordo com a idade da planta, acompanhando, 
mais ou menos, a projeção da copa, iniciando com 0,50m e 
º
atingindo 2,0m de raio, a partir do 3 ano. É nessa área limpa 
onde são aplicados os adubos e a água de irrigação.
A adubação deve ser realizada anualmente, para repor 
os nutrientes retirados do solo pela planta, baseada sempre 
nas análises de solo e folha. Em cultivos sem irrigação, os 
fertilizantes podem ser aplicados de uma só vez, no final do 
período chuvoso. Em plantios irrigados, a adubação anual 
deve ser fracionada em, pelo menos, seis aplicações. Quando 
os fertilizantes forem aplicados via fertirrigação a frequência 
será preferencialmente semanal.
No caso de adubação convencional, os adubos devem 
ser espalhados na zona de aplicação indicada na Figura 3. É 
nesta zona, entre 0,50 e 2,00m da base do coqueiro, onde 
está situada a maior parte das raízes ativas do coqueiro.
NORTE
SUL
7,5m
7,5m
7,5m
COQUEIRO ANÃO
1,50m
ZONA DE
APLICAÇÃO
0,50m
Figura 2. Preparo da cova e plantio da muda de coqueiro.
Terra de superf cí ei
Superfosfato
Esterco
0,80
0,80
Casca de coco
Como plantar
Tratos culturais e irrigação
Quando e como adubar
Os frutos verdes, para o consumo da água, devem ser 
colhidos com a idade de 6 a 7 meses, ocasião em que 
apresentam maiores quantidade de água e de concentração de 
açúcares.
Os frutos secos, para o consumo in natura e indústria 
ou produção de semente, devem ser colhidos na idade de 11 a 
12 meses.
A colheita
O coqueiro é muito exigente em água, necessitando de 
irrigação no período seco para se desenvolver e produzir bem. 
A necessidade e quantidade de água dependem de vários 
fatores: idade da planta, o clima, o tipo de solo, etc. De 
maneira geral, no primeiro período seco após o plantio, o 
coqueiro deve receber de 20 a 40 litros/água/dia.

Disponível em http://www.cpatc.embrapa.br
Embrapa Tabuleiros Costeiros
Av. Beira Mar, 3250
Caixa Postal 44
Fone: **79-2261344
Fax: *79-2261369
www.cpatc.embrapa.br
E-mail sac@cpatc.embrapa.br
Texto: Emanuel Richard Carvalho Donald
Desenhos: Erivaldo Fonseca Moraes
Editoração eletrônica: Maria Ester Gonçalves Moura


Nenhum comentário:

Postar um comentário